CadavalEconomiaLusa

Câmara e Direção-Geral de Veterinária supervisionam matadouros do Cadaval

Cadaval, Lisboa, 10 ago (Lusa) – Os matadouros do concelho do Cadaval vão passar a ser supervisionados por veterinários oficiais, ao abrigo de um protocolo entre a câmara e a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária, divulgou hoje o município.

O “Aviário do Pinheiro, SA”, em Pragança, e a “Grazicar – Comércio e Indústria de Carnes, Lda”, em Alguber, são os matadouros onde, no âmbito do protocolo, vão desenvolver funções os dois veterinários oficiais contratados pela autarquia para “garantir o funcionamento higiénico dos estabelecimentos” e a “salubridade dos produtos locais de origem animal a serem disponibilizados às populações”.


A contração decorre de um protocolo de colaboração com a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), que realizará “ações de supervisão dos controlos oficiais realizados pelos veterinários oficiais”, refere o município do Cadaval, no distrito de Lisboa.


Dessas ações “serão elaborados relatórios contendo as recomendações sobre as correções a adotar, os quais serão remetidos ao respetivo médico veterinário, com conhecimento ao município”, segundo um comunicado enviado pela autarquia às redações.


O protocolo insere-se no âmbito dos controlos oficiais de produtos de origem animal destinados ao consumo humano de que a DGAV está investida como autoridade sanitária veterinária e fitossanitária nacional, bem como de autoridade responsável pela gestão do sistema de segurança alimentar.


Por seu lado, às câmaras municipais cabe a obrigação de garantir o funcionamento higiénico dos estabelecimentos instalados na área geográfica de influência.


DYA // MLM


Lusa/Fim

Author: Boss

Ver mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close
Close